Abrir uma Empresa de Buffet / Contabilidade [Guia Completo]

47
Abrir uma Empresa de Buffet / Contabilidade [Guia Completo]
4.4 (88.57%) 7 votos

CASO QUEIRA IR DIRETO PARA PARTE DA ABERTURA DA EMPRESA, CLIQUE AQUI

Aqui você encontra informações que podem orientar o empreendedor que deseja abrir um buffet, entendido enquanto serviço de preparo e entrega de salgados, jantares, bebidas e outro quitutes, para eventos em geral, como festas, formaturas, reuniões sociais e de trabalho. Doces fazem parte do ramo de confeitaria e, via de regra, são encomendados pelos buffets a fornecedores.

Trata-se de um segmento que atende clientes cada vez mais exigentes, representados, de um lado, por quem está realizando um sonho e, de outro, pelo dinâmico mundo empresarial. Daí a importância do planejamento acurado do negócio e de cada evento, e que, neste caso, deve ser compartilhado com o cliente ou o contratante do serviço, que bem pode ser uma casa de eventos.

Isso sem falar na importância da execução impecável dos serviços, capaz de garantir a satisfação do cliente, novas contratações e indicações de clientes satisfeitos. São fatores como esses que justificam o cuidado na contratação de pessoal, fixo ou terceirizado, e fechamento de parcerias. Afinal, a qualidade é o principal pilar de um negócio que tem relação direta com a saúde da população e a observância de normas de higiene e segurança alimentar.

Nessa área, onde o empresário se estabelece pelo serviço que presta, os negócios, normalmente, começam pequenos, até mesmo em casa, e vão crescendo à medida em que se firmam no mercado. Mas a entrada dos empreendedores tem se dado, também, pela figura do personal chef, com seu serviço itinerante, prestado em local indicado pelo contratante. Quem já está na atividade diz, portanto, que começar é difícil e manter a regularidade e a qualidade também.

Mercado do Buffet

Empresários estabelecidos há décadas no mercado afirmam que investir em outros nichos de mercado, que não aquele em que o empreendedor opera, pode ser uma boa ideia quando se pretende manter ou expandir as atividades. Operação que só será bem-sucedida a partir do olhar atento sobre o mercado, de forma a fazer valer a tese de que momentos de crise podem inspirar belas oportunidades.

Destaque-se que, seja em que momento for, o empreendedor não sobrevive sem cobrar o preço justo, como lembram aqueles que já estão no mercado. É necessário, portanto, cuidado com a oferta de serviços agregados, pois o pequeno empresário, que trabalha sozinho, muitas vezes não dá conta de tudo e se perde pelo caminho. Lembre-se do que dizem os empresários do setor: esse é um mercado em que a empresa vai se colocando no mercado por meio dos serviços que presta.

Todo empresário deve estar atento à concorrência, avaliando o mercado, as tendências e oportunidades para os períodos de sazonalidade. É preciso observar os pontos positivos e negativos. De olho nos lançamentos e nos diferenciais que surgem, é possível, por exemplo, relacionar os melhores fornecedores – de produtos alimentícios a equipamentos, permitindo a oferta aos clientes de novas e agradáveis experiências de consumo.

O fechamento antecipado de pacotes viabiliza o pagamento parcelado do custo total do serviço, facilitando a vida do cliente e a capitalização do negócio. É assim que fazem os buffets. Mas é preciso contar com a opção do pagamento à vista, com descontos que justifiquem a operação, pensando, ainda, nas melhores promoções para os períodos de sazonalidade.

Os buffets podem explorar cardápios diversos, priorizando produtos orgânicos, a cozinha regional ou o que nos trazem os franceses, ingleses e italianos, entre tantos outros sabores e culturas] que [null já se tornaram globais. As opções e os bons exemplos são muitos. Da mesma forma, a mais sofisticada cozinha industrial pode ser montada com equipamentos totalmente nacionais, o que minimiza os riscos de investimentos.

O fornecedor de um buffet é uma das chaves para o sucesso desse negócio, no qual não se admite improviso, pois o risco é grande. Nada é mais importante do que a qualidade e a quantidade de alimentos e bebidas oferecidos. Do mais simples ao mais sofisticado doce ou salgado, não basta agradar ao paladar dos mais exigentes; é preciso garantir a segurança alimentar.

Portanto, o futuro empresário precisa conhecer bem o mercado fornecedor e, pelo menos, alguma coisa de comida, carro chefe desse ramo. Assim é possível buscar sempre a necessária diferenciação, outro aspecto cada vez mais importante nessa área. É preciso, ainda, fazer dos fornecedores verdadeiros parceiros, num jogo onde todos ganhem.

Os fornecedores devem estar prontos a trabalhar com prazos curtos de entrega. Devem ter flexibilidade suficiente para atender pedidos com agilidade e estar abertos à negociação e alternativas de pagamento, já que é comum o buffet parcelar o débito dos clientes. Garantir o equilíbrio do negócio é fundamental; da mesma forma, será sempre importante negociar os valores de serviços e insumos.

Melhor local para abrir um Buffet

Geralmente, a escolha do cliente por buffets que oferecem espaços próprios para eventos advém de indicações ou da experiência proporcionada por uma degustação ou a participação anterior do cliente em evento oferecido pela empresa.

Ainda assim, a opção por bairros residenciais de classe média e média alta pode ajudar na atração das melhores oportunidades, bem como a escolha de local perto de escolas pode favorecer os buffets especializados em festas infantis.

Como conseguir Clientes / Divulgação

Atingir os consumidores com mensagens corretas, nos locais adequados e nas horas certas também é importante para o sucesso de um empreendimento. Para tanto, é preciso de um bom projeto de marketing, que pode começar pela criação de uma boa marca.

Quando o buffet tem o seu salão para eventos, é importante chamar atenção do público para local para a marca e o espaço que representa.

Os recursos a serem investidos na divulgação de um buffet dependem, naturalmente, da capacidade do empresário, mas para os buffets menores, que só mantêm uma boa cozinha, o custo é muito menor.

Por sua vez, buffets maiores, com estrutura própria para a realização de eventos, devem dar atenção à adequada manutenção do local, à apresentação da fachada e à utilização de objetos que ajudem a chamar atenção para o local, que precisa ser bem divulgado.

A diferenciação no cardápio e/ou nos serviços, bem como a criatividade no planejamento e organização dos eventos deve motivar potenciais clientes a conhecer o seu empreendimento, ajudando a impulsionar as vendas. Gostando da recepção, certamente o buffet será indicado pelo visitante a outros potenciais clientes.

Contudo, o diferencial capaz de garantir o retorno do cliente é a sua experiência durante o evento, e que se soma à experiência obtida durante as etapas de planejamento e organização. Nesse negócio, a indicação é a melhor forma de divulgação. Por isso, é preciso cuidar das relações com os fornecedores e demais parceiros que ajudam o empresário a encantar o cliente.

Não é possível, porém, deixar de lado a Internet, que já se tornou um dos principais canais de divulgação dos negócios em todo o mundo. Um site do buffet é fundamental para garantir a comunicação com o mercado, podendo-se agregar a ele serviços tais como convites virtuais, orçamentos on-line, informações sobre eventos, os cardápios e bebidas.

Independente dos canais a serem utilizados, é bom frisar que a comunicação não é tarefa tão simples, como pode parecer à primeira vista. É preciso conhecer as técnicas mais indicadas, os veículos de maior alcance e, no caso da Internet, adicionar o trabalho a diretórios especializados e utilizar motores de busca de inclusão tais como Google Adwords, Ask, Yahoo Search Marketing, Microsoft Digital Advertising Solutions e Hot Words.

Nesse novo mundo, a cada dia surgem relevantes inovações a serem apropriadas por todos, consumidores e empreendedores, num espaço cada vez mais utilizado para divulgar pequenos e grandes negócios.

Passo a Passo para Formalização da Empresa / CNPJ

Passo 1: Organização Societária e Regime tributário

O objetivo desse artigo não é te passar informações técnicas e burocráticas sobre o processo de abertura de Buffet. Aqui vamos te passar somente uma visão geral do que você precisa saber para iniciar seu negócio. Até porque para fazer todo processo burocrático, nossa recomendação é que você procure um profissional da área para não ter surpresas desagradáveis durante o processo ou no futuro.

Caso também se interessa por assuntos mais técnicos, nos artigos abaixo explicamos um pouco mais sobre aspectos burocráticos do processo de abertura de empresa e CNPJ:

  1. Como Abrir um CNPJ? Guia Passo a Passo
  2. Como Abrir uma Empresa? Guia Completo e Definitivo

Na maioria dos casos, 99%, as pessoas estão a procurar de como montar uma ME ou EPP optantes do Simples Nacional, ou um MEI, micro empreendedor individual.

Um fato que não é possível se eximir é que ao abrir um Buffet e começar a faturar ela terá que pagar impostos. E para calcular a tributação da companhia há vários regimes tributários que seu Buffet pode escolher anualmente. Para a correta escolha, sempre conte com a ajuda do seu contador. Os regimes tributários existentes são:

Quanto à organização societária da seu futuro Buffet, você pode encolher entre:

Se você estiver procurando como abrir um MEI, esse artigo termina aqui para você. Pois todo processo é online e é feito no portal do empreendedor. No próprio site do governo você tem todas as orientações necessárias e caso o MEI seja o ideal para você, visto que esse formato tem algumas limitações, você mesmo faz todo processo de abertura online.

Clique aqui para checar se seu Buffet pode ser optante do MEI, somente algumas atividades profissionais são permitidas.

Em caso de dificuldade, você também pode procurar um escritório de contabilidade ou um posto de atendimento do SEBRAE para atendimento gratuito.

Agora se você pretende constituir uma Micro Empresa ou Empresa de Pequeno Porte optante pelo Simples Nacional, ou até mesmo uma corporação do regime normal de tributação, continue seguindo nosso passo a passo.

Passo 2: Consulta de Viabilidade de localização

A consulta de viabilidade serve para checar se a empresa que se pretende abrir pode funcionar naquele determinado endereço, levando em consideração as características do empreendimento, fazendo uma relação entre os CNAEs das atividades e o endereço escolhido. Nessa fase também é verificado se o nome empresarial pretendido está disponível para registro na Junta Comercial do seu Estado.

Todo processo é eletrônico e feito pelo Portal de Serviços da Junta Comercial. Aqui cabe novamente o alerta de que você precisa procurar um profissional contábil para fazer o processo ou te orientar, visto que há detalhes importantes que devem ser verificados com cuidado.

Atualmente, a maioria das Juntas Comerciais e Prefeituras adotam o sistema da RedeSim / Via Única de Registro e Legalização de Empresas, assim todo processo de abertura de empresas se dá através de um sistema único integrado com todos os órgãos envolvidos. Para mais detalhes, consulte a site da junta comercial do seu estado.

Passo 3: Documentação necessária para Abrir seu Buffet

Com a viabilidade aprovada e com o nome empresarial pretendido também liberado para uso, o próximo passo é preparar toda documentação necessária para dar entrada no registro na Junta Comercial.

Como regra, a documentação exigida é:

  • Capa do Processo: Com o nome empresarial, atos e eventos para registro devidamente preenchida e assinada pelo administrador, sócio ou procurador ou do titular, representante legal, diretor. No caso de procurador, anexar procuração, com poderes específicos e, se por instrumento particular, com firma reconhecida.
  • Documentos de Identidade: de todos os sócios e sócios administradores, titular, representantes legais, diretores (cópias autenticadas em cartório).
  • Instrumento de inscrição: (Ato constitutivo, Contrato Social ou Requerimento de empresário), em única via, com as firmas de todos os sócios reconhecidas em cartório. Se a sociedade não for enquadrada na condição de micro empresa ou negócio de pequeno porte, o contrato deve conter visto de advogado.
  • DARF / Taxa cobrada pela Junta Comercial:  original, com código de barras, gerado pelo Sicalcweb (siteRFB), quitado, com autenticação mecânica do banco ou com o comprovante de pagamento, original, do valor pago correspondente ao ato.
  • DBE: (Documento básico de entrada do CNPJ) devidamente assinado, conforme instrumento apresentado.

Passo 4: Protocolar na Junta Comercial do Estado

Com toda documentação em mãos o próximo passo será dar entrada na Junta Comercial. Caso a junta comercial encontre algum problema na documentação apresentada, o processo é colocado em exigência e será necessário fazer a correção.

Caso esteja tudo em ordem, a empresa será registrada, as inscrições no CNPJ (da Receita Federal), CFDF ou Inscrição Estadual (da Secretaria de Fazenda) e o NIRE (da junta comercial) e a Inscrição Municipal (da prefeitura) serão gerados.

Importante destacar que com a nova sistemática adotada para abertura de empresas em várias juntas comerciais, a retirada de documentos aprovados se dá pelo próprio site. O documento vem assinado eletronicamente e sua autenticidade pode ser conferida pela internet por qualquer interessado.

Findado essa fase você já terá a empresa aberta, com as devidas inscrições. No entanto, a partir desse momento é que começam surgir as obrigações legais da empresa, principais e acessórias. Por isso agora é indispensável que seu negócio tenho um contador responsável para acompanhar e mantê-la regular.

Passo 5: Licenciamento / Alvará de Funcionamento do Buffet

Dependendo das atividades da empresa pode ser necessário obter Licenças / Alvará de Funcionamento ou credenciamentos e inscrição em órgãos de classe para poder funcionar regularmente.

Algumas atividades, em que a empresa não tem estabelecimentos físicos, por exemplo, a obtenção de licenças pode ser concedida de forma automática, direto do portal de licenciamento adotado pela Prefeitura / Administração Regional.

Como envolve questões relacionadas ao próprio negócio do cliente, a pessoa mais indicada para obtê-las é o próprio responsável pela empresa que conhece seu detalhes. Também há empresas especializadas que prestam esse tipo de serviço.

Passo 6: Principais Obrigações Legais de um Buffet

  • Emissão de Notas Fiscais: Todas as vendas precisam ser acobertadas por documento fiscal. Essa responsabilidade é sua;
  • Correto Cálculo dos Impostos: Essa é uma obrigação do seu contador e pode não ser uma tarefa tão simples, pois envolve o correto conhecimento da legislação tributária e das atividades do seu negócio.
  • Obrigações Acessórias: Consiste em informações que precisam ser enviadas ao governo e também é uma obrigação do seu contador, dependendo das atividades podem ser várias, mensais e anuais. Exemplo: PGDASDEFIS, LEF, SEFIP, RAIS, CAGED, ECD, DIMOB
  • Registro de Funcionários: Esse é um ponto que merece atenção especial por sua parte. A regra é simples: Tem funcionários? Então registre e os pague corretamente. Hoje os riscos trabalhistas são enormes e fazer o correto evitará muitos problemas.
  • Escrituração Contábil: Além de obrigatória por lei, sabendo usá-la corretamente é uma excelente forma de administrar as finanças da empresa. Também é fundamental para a fazer a apuração e distribuição de lucros isentos de mais impostos. Por isso a importância do correto registro de todas as receitas, despesas e extratos bancários na contabilidade.

Dica 1: Contabilidade Online para Buffet

É possível sim você mesmo fazer o processo de abertura de seu Buffet, mas é altamente recomendado que você procure a ajuda de um profissional ou empresa especializada em processos de abertura, o mais indicado é procurar um escritório de contabilidade.

Há detalhes que somente que faz aberturas de Buffet diariamente estão por dentro, detalhes que podem fazer você não perder seu tempo e dinheiro por falta de conhecimento.

Entre em contato com a PJ Simples Contabilidade Online, peça o contato de especialista para analisar suas necessidades e te dar as orientações necessárias para você criar seu Buffet da melhor forma possível.

Dica 2: Por que contratar um escritório de contabilidade?

Um Buffet têm várias obrigações contábeis que precisam ser cumpridas no prazo e de maneira correta, evitando problemas como a cobrança de multas e juros pelo governo.

Uma realidade é que os pequenos Buffets nem sempre são capazes de manter uma equipe dedicada à contabilidade da empresa. Isso acontece porque o orçamento dessas empresas geralmente é limitado e, na maioria das situações, o tamanho e as metas da empresa inviabilizam a manutenção de uma contabilidade interna.

Nesses casos, para que o trabalho da área receba a atenção necessária sem comprometer o orçamento do Buffet, a dica é contratar um escritório de contabilidade, que assumirá as operações da empresa.

Além de reduzir custos internos, a parceria com uma empresa de contabilidade também traz outros benefícios para seu Buffet, tais como: Regularização e monitoramento do negócio fiscal, trabalhista e contábil; Otimização do planejamento financeiro e tributário; Suporte adequado para cumprimento das obrigações tributárias; Mais segurança e credibilidade para a empresa no mercado.

Dica 3: Outros artigos sobre abertura de empresas

Conhecimento informações na hora que você decide formar e inaugurar um Buffet
nunca é demais, por isso, caso você queira saber mais detalhes sobre o processo de abertura de empresas e ler mais algumas dicas importantes, acesses esses outros artigos do blog da PJ Simples: