Série: Como Abrir uma Empresa – Escritório de Arquitetura

49
Série: Como Abrir uma Empresa – Escritório de Arquitetura
4.8 (95%) 4 votos

Um escritório de arquitetura é uma empresa que tem enorme concorrência no mercado e precisa de pessoas altamente capazes e criativas para liderar seus projetos.

Em primeiro lugar, o empreendedor deve ter um autoconhecimento que lhe permita reconhecer seus limites e construir um negócio dentro de suas condições. Geralmente, o arquiteto tem “um milhão” de ideias e deseja colocá-las em prática ao mesmo tempo, até mesmo por sua formação acadêmica. No entanto, deve-se prestar atenção ao retorno do dinheiro investido, que muitas vezes não vem satisfatoriamente.

Auxílio do Contador

O contador é um dos profissionais que podem estar faltando em um escritório de arquitetura. A necessidade de sua contratação ocorre antes mesmo da empresa ser aberta. A simples escolha de trabalhar em uma empresa ou de forma autônoma já requer um profissional que tenha a sabedoria para lidar com as obrigações tributárias.

Ele deve ser um profissional experiente e dominar um negócio desse tipo, auxiliando sua empresa em muitos outros aspectos. A legislação tributária no Brasil é muito complexa, e o profissional contábil vai auxiliar no plano de negócios, reunindo informações, participando da abertura de uma empresa e até mesmo influenciando as soluções de marketing adotadas.

Empreendedor Autônomo

Para abrir um escritório de arquitetura e trabalhar como autônomo, o empreendedor deve fazer uma inscrição e obter seu número de registro de autônomo. Para fazer isso, você deve trazer alguns documentos para o CCM, Cadastro de Contribuintes, que fica na Prefeitura de cada cidade. O cadastro normalmente leva até 15 dias para ser obtido e os documentos para obtê-lo são CPF, RG, comprovante de residência e cópia do IPTU e documento de registro profissional.

Se algum documento estiver faltando, a dica é buscar a expedição das segundas vias o mais rápido possível, porque sem os documentos necessários é impossível conceder o registro. O contador pode ajudar nessa parte mais burocrática.

Impostos

Muitos impostos são pagos por todos os profissionais legalizados, em qualquer área que sejam. No escritório de arquitetura não é diferente e o empreendedor deve se tornar contribuinte do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e do INSS.

Uma tabela é sempre gerada para que o indivíduo conheça a tributação do imposto de renda, que pode ir até 27,5% sem o cálculo do INSS e do ISS. Muitos empresários no início de seus negócios acabam esquecendo  de prazos e acumulando dívidas que mais tarde serão cobradas com juros.

O ideal é fazer tudo certo no início para não prejudicar o negócio e garantir a credibilidade do escritório pelos clientes.

Abertura da Empresa

Pode ser mais confortável para o empresário trabalhar como empresa do que propriamente como autônomo. Isso geralmente acontece quando o volume de faturamento ultrapassa o valor aproximado de cinco mil reais, ocorrendo um abate nos impostos. Torná-los baratos é realmente o que o empreendedor mais deseja, especialmente no início de um novo negócio.

Existem outras vantagens em abrir uma empresa em vez de um escritório de arquitetura autônomo, como maior segurança jurídica dos contratos, diminuição da contratação de serviços prestados e outros.

Somente com os encargos sociais, o autônomo gasta cerca de 20% a mais pagando a Previdência Social.

Contratação de  advogado

O advogado é uma figura importante no escritório de arquitetura, especialmente quando se trata de uma empresa. Isso porque o profissional pode atuar em várias etapas do processo de criação na arquitetura, desde a formação do contrato social até as relações de trabalho que vierem mais tarde a serem resolvidas, através dos contratos de honorários.

Algumas características serão fundamentais na contratação desse profissional, como boas referências e disponibilidade para atuar no tempo necessário que o empreendedor necessita.

Estar tão perto de uma empresa é uma tarefa para profissionais de confiança, e a partir disso podemos ter as referências para os candidatos a ocupar o cargo de advogado no escritório de arquitetura. Uma seleção deve ser feita, levando em consideração o trabalho anterior desses profissionais, bem como seu currículo acadêmico, pois é muito importante.

Processo de abertura de empresa

Agora que você já sabe alguns detalhes de como abrir seu negócio, também é necessário que você saiba que para trabalhar de forma legal, é preciso fazer o processo de formalização de uma empresa, geralmente é feito na junta comercial.

Para te ajudar, preparamos outros artigos que te explicam com mais detalhes como funciona o processo de formalização de empresas:

Ref.: Novo Negócio