Como Abrir uma Empresa / CNPJ em Araguaína – TO [Online]

19

Mercado e Economia de Araguaína – TO

Antes de dar dicas de como escolher o melhor escritório de contabilidade para abrir sua empresa em Araguaína, vamos conhecer um pouco do ambiente em que você está querendo iniciar o negócio. Confira:

Caso queira ir direto para o passo a passo de abertura de empresa em Araguaína, avance para o próximo subtítulo.

Araguaína é um município brasileiro do estado do Tocantins, Região Norte do país. Sua população estimada em 2017 era de 175 960 habitantes, sendo assim o segundo mais populoso do estado, atrás apenas da capital Palmas.

Atende a um total de 1,7 milhão de pessoas (2010), incluindo o próprio estado, o sudeste do Pará e o sudoeste do Maranhão. Os limites do município estão completamente inseridos na extensão geográfica do MATOPIBA, importante região de expansão da fronteira agrícola das regiões Norte e Nordeste. Por tal razão, dentre outros motivos, é considerada capital econômica do Tocantins e capital simbólica do MATOPIBA.

A partir da criação da unidade federativa do Tocantins com a Constituição de 1988, Araguaína foi a maior cidade do estado durante os seus primeiros anos, tendo sido depois ultrapassada em aspectos populacionais por Palmas, capital planejada que nasceu junto com o novo estado. A sua localização mesopotâmica entre os rios federais Araguaia e Tocantins, a proximidade com os estados do Pará e do Maranhão, o fortalecimento da região econômica do MATOPIBA e os acessos rodoviário e ferroviário tornam a cidade um importante centro regional, que se destaca nos quesitos comercial, educacional, de saúde e de serviços.

Araguaína se localiza a 384 km da capital Palmas, 1.143 km de sua antiga capital Goiânia e a 1.252 km da capital federal Brasília, além de ser próxima a importantes cidades da região, como Imperatriz, a 250 km; Marabá, a 280 km; e Belém, a 842 km. Além da rodovia federal BR-153 (Belém-Brasília), o município também é servido pelo Aeroporto de Araguaína (IATA: AUX, ICAO: SWGN) e, desde 2007, pela Ferrovia Norte-Sul.

Araguaína é um centro econômico forte e estratégico, indutor de desenvolvimento regional, inserido em uma das regiões que mais crescem atualmente no Brasil. Destaca-se por seu centro comercial varejista e atacadista, atendendo um mercado de 2 milhões de consumidores em um raio de 250 km. O comércio é alimentado pela força do agronegócio, cada vez mais profissionalizado e produtivo. A agricultura de precisão na produção de grãos e a pecuária de ponta movimentam as demais cadeias produtivas. O município conta com 6 frigoríficos exportadores, além de 2 unidades produtoras e de abate de frango. Na silvicultura, os mais de 100 mil hectares de floresta plantados, incluindo eucaliptos, seringueiras e madeiras nobres, geram oportunidade de negócios nos setores de movelaria, produção de celulose e de carvão.

Nos últimos anos, Araguaína recebeu grandes empreendimentos imobiliários de alto padrão e passou a se verticalizar. Foram construídos novos conjuntos habitacionais, com infraestrutura completa, atingindo a meta de 6 mil moradias erguidas em 4 anos. A mais recente revisão do Plano Diretor Municipal permitiu o crescimento ordenado da cidade, sem ocupações irregulares, além de uma gestão de águas moderna e com proteção às nascentes fluviais em sua área.

O município é cortado por 3 grandes linhas de transmissão energética nacionais e se localiza a 80 km de uma hidroelétrica. Recentemente, iniciou um programa de incentivos fiscais para a produção de energia solar, visando aproveitar a alta incidência solar da cidade.

Saúde e educação
Histórica referência regional na saúde, Araguaína apresenta, pela rede pública, o HDT-UFT, hospital universitário especializado em doenças tropicais. Pelas redes estadual e municipal, conta com modernos centros de reabilitação para atender os estados vizinhos. O município é referência estadual em educação e também para o sul dos estados do Pará e do Maranhão. Por tal razão, estudantes de outros estados se deslocam para a cidade, que se ajustou nos últimos anos à faceta de cidade universitária. Além do ensino básico e fundamental, o município conta com 5 universidades, sendo 3 públicas (Universidade Federal do Tocantins, Instituto Federal do Tocantins e a recém-criada Universidade Federal do Norte do Tocantins, da qual o município será sede). O município apresenta também as maiores escolas técnicas e profissionalizantes do estado do Tocantins.

Destacam-se os cursos de Medicina, Direito, Administração e outros voltados principalmente à economia local, como Medicina Veterinária, Zootecnia, Logística, Cooperativismo, Turismo e Engenharia de Produção. A UFT oferece ainda os cursos de Matemática, Física, Biologia, Química, Letras, Geografia e História. O Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (ITPAC), maior universidade particular da região, oferece os cursos de Administração, Agronomia, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Enfermagem, Estética e Cosmética, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Farmácia, Medicina, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Radiologia, Sistemas de Informação.

Transportes
A localização geográfica de Araguaína possibilitou uma forte integração inter-regional para a circulação de pessoas e mercadorias, através de transportes aéreo e terrestre, contando com estradas federais, estaduais e municipais. Destaca-se, por sua importância histórica e econômica à cidade, a BR-153 (Belém-Brasília), quarta maior rodovia brasileira. Desde outubro de 2007, durante o governo de Luís Inácio Lula da Silva, o município também passou a ser servido pela Ferrovia Norte-Sul.

O município dispõe do Aeroporto de Araguaína (IATA: AUX, ICAO: SWGN) com capacidade para pouso e decolagem de aeronaves de pequeno e médio porte, sendo, em 2017, reformado e redimensionado para atender um maior número de voos. O primeiro aeroporto foi construído onde hoje é a Vila Aliança; o segundo, próximo ao Terminal Rodoviário; e o atual, no Setor Aeroporto, próximo ao Bairro de Fátima. Desde 2017, o aeroporto é servido por voos da Passaredo, que opera em parceria com a LATAM.

O transporte coletivo da cidade era inicialmente operado pela empresa Rápido Amazonas, que tinha apenas um ônibus. Posteriormente, a concessão passou para Rubens Gonçalves Aguiar, ex-mecânico da Rápido Amazonas e proprietário da nova Viação Lontra, então encarregada pelo serviço. Em 2015, o contrato com a Viação Lontra se encerrou, passando a concessão para a Cooperlota, que faliu meses depois por motivos financeiros e judiciais. Em junho de 2016, a prefeitura contratou uma nova empresa, Passaredo, que desde então dá continuidade aos serviços de transporte coletivo municipal.

Comunicação
O primeiro posto de correio oficioso, criado em 1969, funcionava na prefeitura e operava o sistema de postagem simples (cartas simples), tendo como primeira administradora Izabel Milhomem. O transporte de malas era feito por Francisco Luz, em um Jeep, por Carolina, no estado do Maranhão, de onde seguia por via aérea para os respectivos destinos. Em 1972, o posto passou ser denominado “Agência Postal Rádio Telegráfica”, cuja instalação oficial ocorreu em 5 de abril do mesmo ano em um espaço cedido pela prefeitura na Praça das Nações, sob jurisdição da Diretoria Regional do Pará. Em 8 de maio de 1973, sob a gerência de Lúcia Godói, a agência foi transferida para uma sede própria, construída em terreno doado pela prefeitura. Com a nova instalação, os serviços postais passaram a ser diretos, não mais via Maranhão. Atualmente, além da própria sede, há duas outras agências, uma localizada na Estação Rodoviária de Araguaína e outra na Cônego João Lima, importante avenida no centro da cidade.

Turismo
Dentre os pontos turísticos da região urbana de Araguaína, destacam-se o Parque Cimba, o Lago Azul e o Cristo Redentor. Também são oferecidos diversos serviços de lazer, como paintball, cinemas, boates e grandes festas universitárias. Contudo, o forte do município é a exploração do ecoturismo, um dos segmentos que mais crescem no país segundo a Organização Mundial do Turismo. A cidade é privilegiada por suas belezas naturais, com fauna, flora e, principalmente, água abundante que forma belas paisagens. O seu potencial hídrico, formado principalmente por rios, cachoeiras, córregos e ribeirões nos arredores da cidade, proporciona diversos pontos de lazer em clubes e chácaras que oferecem diversão à população local e turistas. A 26 km do município se localiza a Cachoeira Véu de Noiva, onde se oferece áreas de camping, churrasco, campos de futebol, piscinas, sala de jogos, restaurante e quartos para aluguel, chegando a receber, em média, 250 pessoas nos finais de semana mais movimentados, como feriados.

Araguaína sedia uma das maiores e mais tradicionais cavalgadas do país, reunindo cerca de cinco mil cavaleiros e amazonas de várias partes do estado, com seus objetos e trajes tradicionais, como o berrante e a cabaça. Além destes, participam dezenas de comitivas de todo o Tocantins e mais de 100 mil espectadores (2014). As cavalgadas são eventos anuais que abrem a programação da Exposição Agropecuária de Araguaína (Expoara), realizada nos meses de junho.

Durante o mês de julho, quando baixa o nível das águas do Rio Araguaia, inicia-se a temporada de praias do estado, o que incrementa consideravelmente a estrutura e os recursos oferecidos pelas secretarias regionais de turismo. As praias que surgem, muitas vezes ilhadas, são locais propícios para camping, festas, churrasco e lazer em família. As mais próximas são as do Garimpinho, do Genésio, dos Porcos e do Urubu, a cerca de 35 km da cidade e cujo acesso se dá pela rodovia estadual TO-226, mas se destacam também as praias de Araguanã e do Escapole, distantes cerca de 100 km da cidade, no município de Araguanã.

Agora que você sabe um pouco a mais sobre Araguaína, onde você pretende abrir seu novo negócio, acompanhe a baixo os passos necessários para você formalizar sua empresa.

Passo 1: Planejar como abrir uma empresa em Araguaína

Esse é o primeiro passo e não é por acaso, esse passo pode representar o sucesso ou fracasso da sua futura empresa. Muitas pessoas acham que abrir uma empresa em Araguaína, e obter o CNPJ, é difícil. Muitos empresários com potencial de sucesso não arriscam por pensar que somente um certo tipo pessoa tem o que é necessário para se tornar um empresário bem-sucedido.

A realidade é que a maioria das pessoas tem o que é necessário: uma boa ideia, a quantidade certa de capital e a criatividade. Aqui mesmo no nosso blog você encontra muitas idéias e dicas para abrir sua nova empresa em Araguaína, assim como diversas dicas de empreendedorismo, marketing, finanças, liderança de equipes e excelentes dicas para o crescimento de empresas, clique aqui.

O que falta na maioria das pessoas, no entanto, é a paciência, determinação e capacidade de planejar. A chave é ter um plano de trabalho para a sua organização. Use algo simples para guiá-lo ao longo do caminho e veja se realmente já é hora de formalizar o negócio e assumir responsabilidade.

Passo 2: Tipo de Empresa que você pretende Montar

Nesse artigo não vamos tratar de informações técnicas e burocráticas aprofundadas sobre o processo de abertura de empresas em Araguaína, vamos te dar somente uma visão ampla do que você precisa saber para começar. Até porque para fazer todo processo burocrático, o mais indicado é que você procure um profissional da área para não ter surpresas desagradáveis durante o processo ou no futuro.

Caso seja do seu interesse, nesses artigos abaixo explicamos um pouco mais sobre aspectos técnicos do processo de abertura de empresa e CNPJ:

  1. Como Abrir um CNPJ? Guia Passo a Passo
  2. Como Abrir uma Empresa? Guia Completo e Definitivo

Na maioria dos casos, 99%, as pessoas estão a procurar de como montar uma ME ou EPP optantes do Simples Nacional, ou um MEI, micro empreendedor individual.

Um fato que não é possível escapar é que ao abrir uma pessoa jurídica e começar a faturar ela terá que pagar impostos. E para calcular a tributação da companhia há vários regimes tributários que sua empresa pode escolher anualmente. Para a correta escolha, sempre conte com a ajuda do seu contador. Os regimes tributários existentes são:

Quanto à organização societária da sua futura empresa, você pode encolher entre:

Se você estiver procurando como abrir um MEI, esse artigo termina aqui para você. Pois todo processo é online e é feito no portal do empreendedor. No próprio site do governo você tem todas as orientações necessárias e caso o MEI seja o ideal para você, visto que esse formato tem algumas limitações, você mesmo faz todo processo de abertura online.

Em caso de dificuldade, você também pode procurar um escritório de contabilidade ou um posto de atendimento do SEBRAE para atendimento gratuito.

Agora se você pretende constituir uma Micro Empresa ou Empresa de Pequeno Porte optante pelo Simples Nacional, ou até mesmo uma corporação do regime normal de tributação, os passos a seguir podem te ajudar.

Passo 3: Consulta de Viabilidade na Prefeitura

Atualmente, a maioria das Juntas Comerciais e Prefeituras adotam uma nova sistemática de Registro e Legalização de Empresas, assim todo processo de abertura de empresas se dá através de um sistema único integrado com todos os órgãos envolvidos. Para mais detalhes, consulte a site da junta comercial do seu estado.

A consulta de viabilidade serve para checar se a empresa que se pretende abrir pode funcionar naquele determinado endereço, levando em consideração as características do empreendimento, fazendo uma relação entre os CNAEs das atividades e o endereço escolhido. Nessa fase também é verificado se o nome empresarial pretendido está disponível para registro na Junta Comercial de TO.

Todo processo é eletrônico e feito pelo Portal de Serviços da Junta Comercial. Aqui cabe novamente o alerta de que você precisa procurar um profissional contábil para fazer o processo ou te orientar, visto que há detalhes importantes que devem ser verificados com cuidado.

Passo 4: Documentação para Abrir Empresa

Com a viabilidade aprovada e com o nome empresarial pretendido também liberado para uso, o próximo passo é preparar toda documentação necessária para dar entrada no registro na Junta Comercial de TO.

Como regra, a documentação exigida é:

  • Capa do Processo: Com o nome empresarial, atos e eventos para registro devidamente preenchida e assinada pelo administrador, sócio ou procurador ou do titular, representante legal, diretor. No caso de procurador, anexar procuração, com poderes específicos e, se por instrumento particular, com firma reconhecida.
  • Documentos de Identidade: de todos os sócios e sócios administradores, titular, representantes legais, diretores (cópias autenticadas em cartório).
  • Instrumento de inscrição: (Ato constitutivo, Contrato Social ou Requerimento de empresário), em única via, com as firmas de todos os sócios reconhecidas em cartório. Se a sociedade não for enquadrada na condição de micro empresa ou negócio de pequeno porte, o contrato deve conter visto de advogado.
  • DARF / Taxa cobrada pela Junta Comercial:  original, com código de barras, gerado pelo Sicalcweb (siteRFB), quitado, com autenticação mecânica do banco ou com o comprovante de pagamento, original, do valor pago correspondente ao ato.
  • DBE: (Documento básico de entrada do CNPJ) devidamente assinado, conforme instrumento apresentado.

Passo 5: Protocolar na Junta Comercial de Tocantins

Com toda documentação em mãos o próximo passo será dar entrada na Junta Comercial. Caso a junta comercial encontre algum problema na documentação apresentada, o processo é colocado em exigência e será necessário fazer a correção.

Caso esteja tudo em ordem, a empresa será registrada, as inscrições no CNPJ (da Receita Federal), Inscrição Estadual (da Secretaria de Fazenda) e o NIRE (da junta comercial) e a Inscrição Municipal (da prefeitura) serão gerados. Importante destacar que com a nova sistemática adotada para abertura de empresas em várias juntas comerciais, a retirada de documentos aprovados se dá pelo próprio site. O documento vem assinado eletronicamente e sua autenticidade pode ser conferida pela internet por qualquer interessado.

Findado essa fase você já terá a empresa aberta, com as devidas inscrições. No entanto, a partir desse momento é que começam surgir as obrigações legais da empresa, principais e acessórias. Por isso agora é indispensável que seu negócio tenho um contador responsável para acompanhar e mantê-la regular.

Passo 6: Licenciamento / Alvará de Funcionamento

Dependendo das atividades da empresa pode ser necessário obter Licenças / Alvará de Funcionamento ou credenciamentos e inscrição em órgãos de classe para poder funcionar regularmente.

Algumas atividades, em que a empresa não tem estabelecimentos físicos e são constituídas em endereços residenciais, por exemplo, a obtenção de licenças pode ser concedida de forma automática, direto do portal de licenciamento adotado pela Prefeitura / Administração Regional.

Como envolve questões relacionadas ao próprio negócio do cliente, a pessoa mais indicada para obtê-las é o próprio responsável pela empresa que conhece seu detalhes. Também há empresas especializadas que prestam esse tipo de serviço.

Dica 1: Ajuda Profissional Contábil

É possível sim você mesmo fazer o processo de abertura de sua instituição, mas é altamente recomendado que você procure a ajuda de um profissional ou empresa especializada em processos de abertura, o mais indicado é procurar um escritório de contabilidade.

Há detalhes que somente que faz aberturas de empresas diariamente estão por dentro, detalhes que podem fazer você não perder seu tempo e dinheiro por falta de conhecimento.

Entre em contato com a PJ Simples Contabilidade Online, peça o contato de especialista para analisar suas necessidades e te dar as orientações necessárias para você criar sua empresa da melhor forma possível.

Dica 2: Contabilidade Online em Araguaína

Ao abrir uma empresa você precisa saber que ela terá obrigações fiscais, contábeis e trabalhistas periódicas. E você como responsável final precisa ficar atento, pois o não cumprimento das obrigações nos prazos e na forma correta pode gerar multas e outras penalidades.

Mesmo que seu estabelecimento esteja sendo assessorada por contador, é importante que você saiba das obrigações existentes e das responsabilidades contratuais de cada um, por que as consequências finais sempre recairão sobre sua empresa.

Aqui, uma dica é ver se os serviços de contabilidade online atendem a empresa que você está planejando fundar. Pode ser uma boa ideia optar por esse tipo de serviços, pois sua empresa pode ser melhor acompanhada e você ainda pode economizar um bom dinheiro.

As principais obrigações de uma pessoa jurídica são:

  • Emissão de Notas Fiscais: Todas as vendas precisam ser acobertadas por documento fiscal. Essa responsabilidade é sua;
  • Correto Cálculo dos Impostos: Essa é uma obrigação do seu contador e pode não ser uma tarefa tão simples, pois envolve o correto conhecimento da legislação tributária e das atividades do seu negócio.
  • Obrigações Acessórias: Consiste em informações que precisam ser enviadas ao governo e também é uma obrigação do seu contador, dependendo das atividades podem ser várias, mensais e anuais. Exemplo: PGDASDEFIS, LEF, SEFIP, RAIS, CAGED, ECD, DIMOB
  • Registro de Funcionários: Esse é um ponto que merece atenção especial por sua parte. A regra é simples: Tem funcionários? Então registre e os pague corretamente. Hoje os riscos trabalhistas são enormes e fazer o correto evitará muitos problemas.
  • Escrituração Contábil: Além de obrigatória por lei, sabendo usá-la corretamente é uma excelente forma de administrar as finanças da empresa. Também é fundamental para a fazer a apuração e distribuição de lucros isentos de mais impostos. Por isso a importância do correto registro de todas as receitas, despesas e extratos bancários na contabilidade.

Dica 3: Idéias de Negócios para abrir empresa em Araguaína

Temos em nosso blog uma série de artigos dedicadas exclusivamente para dar uma luz para aqueles que não sabe ao certo que tipo de negócio querem abrir. São idéias que podem te dar uma direção na abertura de uma nova firma, clique aqui e aqui para acessar.

Dica 4: Dúvidas Frequentes sobre Abertura de Empresa

Quanto tempo leva para abrir empresa / CNPJ em Araguaína?

O tempo médio para a empresa está com os documentos e inscrições básicas gira em torno de uns 20 dias. Mas algumas situações podem prolongar esse prazo, como pendências do CPF na RFB, participação ou nome em outra empresa, cadastro no MEI, alguma restrição quanto ao endereço de funcionamento da empresa e suas atividades, etc…

Quanto custa abrir empresa em Araguaína?

O custo do processo de abertura de empresa pode variar muito de acordo com o tipo de empresa que você deseja constituir, indo de 300 reais à mais de 1000 reais. O investimento total também vai depender do escritório de contabilidade que você escolher como parceiro. Há muitas empresas oferecendo serviços de abertura gratuita, mas sempre desconfie pois geralmente tem contrato de fidelidade e você acaba pagando direta ou indiretamente.

Posso abrir empresa no meu endereço residencial?

Para algumas atividades é possível abrir empresa usando seu endereço residencial, geralmente empresas prestadoras de serviços ou comércio virtual sem atendimento ao público, mas varia muito de região para região. Para ter certeza é necessário solicitar uma análise da prefeitura/administração regional da área.

Quais os demais custos para manter a empresa em dia?

Além dos custos e gastos relativos ao seu próprio negócio, como mercadorias, funcionários etc… sua empresa também terá custos mensais basicamente com impostos, quando começar a faturar, e com os serviços prestados pelo escritório de contabilidade / contador parceiro. Os impostos de empresas do Simples Nacional, você pode acessar nossa tabela completa do simples onde você encontrará as alíquotas iniciais aplicadas de a cordo com as atividades da empresa. Quanto ao valor da contabilidade, clique aqui para ver se a PJ Simples atende sua região e solicite a tabela vigente.

Por que depois de aberta minha empresa precisa de certificado digital?

Hoje boa parte das obrigações das empresas são cumpridas digitalmente. Assim o certificado digital é a identidade da empresa nos meios eletrônicos que a identifica nos sistemas do governo, através de assinaturas eletrônicas e autenticações em áreas restritas. Além do mas o certificado é necessário para emissão de NFe e para o cadastro de procurações para que possamos, como seu responsável contábil, manter em dia as obrigações da empresa.

Quais documentados são  necessários para abrir empresa em Araguaína?

Quanto ao local de abertura da empresa:

  • Comprovante de endereço/contrato de aluguel
  • Número da inscrição do IPTU

Quanto aos sócio/titular:

  • RG e CPF ou CNH
  • Comprovante de endereço
  • Se casado(a), certidão de casamento
  • Título de Eleitor
  • Número do recibo do último IRPF

Dica 5: Outros artigos sobre abertura de empresas

Conhecimento informações na hora que você decide formar e inaugurar uma empresa nunca é demais, por isso, caso você queira saber mais detalhes sobre o processo de abertura de empresas e ler mais algumas dicas importantes, acesses esses outros artigos do blog da PJ Simples: