Como Abrir uma Empresa em Brasília – Distrito Federal

330
Como Abrir uma Empresa em Brasília – Distrito Federal
4.6 (92.73%) 11 votos

Sobre Brasília

Antes de te passar os passos de como abrir uma empresa em brasília, vamos conhecer um pouco o ambiente no qual você está querendo iniciar um novo negócio.

Caso queira ir direto para o passo a passo de abertura de empresa em Brasília / DF, avance para o próximo subtítulo.

Em se tratando de empreendedorismo, Brasília aparece em último lugar no ranking das 32 localidades analisadas pelo estudo Índice das Cidades Empreendedoras, realizado pela Endeavor em 2016. Isso, ao nosso ver, se deve ao fato de que Brasília é vista por muitos como terra dos concurseiros, onde só há órgãos públicos e somente concursos públicos prospera. Isso não é verdade, brasília tem o terceiro maior mercado do país para se empreender.

Segundo o Empresômetro, do total de empresas ativas no Brasil, Brasília fica em 4º lugar, perdendo somente para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

empresas ativas em brasília DF
empresas ativas em brasília DF

Atualmente as possibilidades de crescer em Brasília como empresário são enormes, as pessoas estão buscando outras alternativas ao concurso público.

A capital do Brasil ainda é jovem em termos históricos e em empreendedorismo, o que para muitos é visto como uma vantagem, já que é um sinal de que existe muito espaço para diversos nichos de mercado crescerem.

Outro fator que você deve considerar para querer empreender em Brasília é o fato dela ser considerada uma capital com grande poder econômico, ela é a terceira cidade mais rica do país.

Além de ser centro político, Brasília é um importante centro econômico do Brasil, sendo a terceira cidade mais rica do país, exibindo, em 2014, um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 197.432.059 bilhões, estando também entre as áreas urbanas de maior índice de renda per capita do Brasil, de R$ 69 216,80.

A principal atividade econômica da capital federal resulta de sua função administrativa. Por isso seu planejamento industrial é estudado com muito cuidado pelo Governo do Distrito Federal. Por ser uma cidade tombada pelo IPHAN e que recebeu o Título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco a ocupação do território do DF tem características diferenciadas para preservação da cidade.

Assim, o Governo do Distrito Federal tem optado em incentivar o desenvolvimento de indústrias não poluentes como a de software, cinema, vídeo, gemologia, entre outras, com ênfase na preservação ambiental e na manutenção do equilíbrio ecológico, preservando o patrimônio da cidade.

A economia de Brasília sempre teve como principais bases a construção civil e o varejo. Foi construída em terreno totalmente livre, portanto ainda existem muitos espaços nos quais se pode construir novos edifícios. À medida que a cidade recebe novos moradores, a demanda pelo setor terciário aumenta, motivo pelo qual Brasília tem uma grande quantidade de lojas, com destaque para o Conjunto Nacional, localizado no centro da capital.

A agricultura e a avicultura ocupam lugar de destaque na economia brasiliense. Um cinturão verde na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno abastece a cidade e já exporta alimentos para outros locais.

Agora que você já está por dentro de alguns dados sobre nossa capital federal, vamos aos passos necessário para abrir uma empresa em Brasília, Distrito Federal.

Passo 1: Planejar como abrir uma empresa em Brasília

Esse é o primeiro passo e não é por acaso, esse passo pode representar o sucesso ou fracasso da sua futura empresa. Muitas pessoas acham que abrir um negócio é difícil. Muitos empresários com potencial de sucesso não arriscam por pensar que somente um certo tipo pessoa tem o que é necessário para se tornar um empresário bem-sucedido.

A realidade é que a maioria das pessoas tem o que é necessário: uma boa idéia, a quantidade certa de capital e a criatividade.

O que falta na maioria das pessoas, no entanto, é a paciência, determinação e capacidade de planejar. A chave é ter um plano de trabalho para a empresa. Use algo simples para guiá-lo ao longo do caminho e veja se realmente já é hora de formalizar o negócio e assumir responsabilidade.

Passo 2: Tipo de Empresa que você pretende Abrir

Nesse artigo não vamos tratar de informações técnicas e burocráticas aprofundadas sobre o processo de abertura de empresas em brasília, vamos te dar somente uma visão ampla do que você precisa saber para começar. Até porque para fazer todo processo burocrático, o mais indicado é que você procure um profissional da área para não ter surpresas desagradáveis durante o processo ou no futuro.

Caso seja do seu interesse, nesses artigos abaixo explicamos um pouco mais sobre aspectos técnicos do processo de abertura de empresa e CNPJ:

  1. Como Abrir um CNPJ? Guia Passo a Passo
  2. Como Abrir uma Empresa? Guia Completo e Definitivo

Na maioria dos casos, 99%, as pessoas estão a procurar de como abrir uma ME ou EPP optantes do Simples Nacional, ou um MEI, micro empreendedor individual.

Se você estiver procurando como abrir um MEI, esse artigo termina aqui para você. Pois todo processo é online e é feito no portal do empreendedor. No próprio site do governo você tem todas as orientações necessárias e caso o MEI seja o ideal para você, visto que esse formato tem algumas limitações, você mesmo faz todo processo de abertura online.

Em caso de dificuldade, você também pode procurar um escritório de contabilidade ou um posto de atendimento do SEBRAE no DF.

Agora se você pretende abrir uma Micro Empresa ou Empresa de Pequeno Porte optante pelo Simples Nacional, ou até mesmo uma empresa do regime normal de tributação, os passos a seguir podem te ajudar.

Passo 3: Consulta de Viabilidade

Recentemente o Distrito Federal adotou uma nova sistemática de Registro e Legalização de Empresas, assim todo processo de abertura de empresas se dá através de um sistema único integrado com todos os órgãos envolvidos.

A consulta de viabilidade serve para checar se a empresa que se pretende abrir pode funcionar naquele determinado endereço, levando em consideração as características da empresa e do endereço. Nessa fase também é verificado se o nome empresarial pretendido está disponível para registro na Junta Comercial do DF.

Todo processo é eletrônico e feito pelo RLE@Digital. Aqui cabe novamente o alerta de que você precisa procurar um profissional contábil para fazer o processo ou te orientar, visto que há detalhes importantes que devem ser verificados com cuidado.

Passo 4: Documentação

Com a viabilidade aprovada e com o nome empresarial pretendido também liberado para uso, o próximo passo é preparar toda documentação necessária para dar entrada no registro na Junta Comercial do Distrito Federal.

Como regra, a documentação exigida é:

  • Capa do Processo: Com o nome empresarial, atos e eventos para registro devidamente preenchida e assinada pelo administrador, sócio ou procurador ou do titular, representante legal, diretor. No caso de procurador, anexar procuração, com poderes específicos e, se por instrumento particular, com firma reconhecida.
  • Documentos de Identidade: de todos os sócios e sócios administradores, titular, representantes legais, diretores (cópias autenticadas em cartório).
  • Instrumento de inscrição: (Ato constitutivo, Contrato Social ou Requerimento de empresário), em única via, com as firmas de todos os sócios reconhecidas em cartório. Se a sociedade não for enquadrada na condição de micro empresa ou empresa de pequeno porte, o contrato deve conter visto de advogado.
  • DARF / JCDF da taxa cobrada:  original, com código de barras, gerado pelo Sicalcweb (siteRFB), quitado, com autenticação mecânica do banco ou com o comprovante de pagamento, original, do valor pago correspondente ao ato.
  • DBE: (Documento básico de entrada do CNPJ) devidamente assinado, conforme instrumento apresentado.

Passo 5: Protocolar na Junta Comercial do DF

Com toda documentação em mãos o próximo passo será dar entrada na Junta Comercial do DF. Caso a junta comercial encontre algum problema na documentação apresentada, o processo é colocado em exigência e será necessário fazer a correção.

Caso esteja tudo em ordem, a empresa será registrada, as inscrições no CNPJ, CFDF da sefaz e o NIRE da empresa serão gerados. Importante destacar que com a nova sistemática adotada na abertura de empresas do DF, a retirada de documentos aprovados se dá pelo próprio site. O documento vem assinado eletronicamente e sua autenticidade pode ser conferida pela internet por qualquer interessado.

Findado essa fase você já terá a empresa aberta, com as devidas inscrições. No entanto, a partir desse momento é que começam surgir as obrigações legais da empresa, principais e acessórias. Por isso agora é indispensável que sua empresa tenho um contador responsável para acompanhar e mantê-la regular.

Passo 6: Licenciamento

Dependendo das atividades da empresa pode ser necessário obter licenças, credenciamentos ou inscrição em órgãos de classe para poder funcionar regularmente.

Algumas atividades, em que a empresa não tem estabelecimentos físicos, por exemplo, a obtenção de licenças no DF está sendo feito de forma automática.

Como envolve questões relacionadas ao próprio negócio do cliente, a pessoa mais indicada para obtê-las é o próprio responsável pela empresa que conhece seu detalhes. Também há empresas especializadas que prestão esse tipo de serviço.

Dica 1: Ajuda Profissional

É possível sim você mesmo fazer o processo de abertura de sua empresa, mas é altamente recomendado que você procure a ajuda de um profissional ou empresa especializada em processos de abertura, o mais indicado é procurar um escritório de contabilidade.

Há detalhes que somente que faz aberturas de empresas diariamente estão por dentro, detalhes que podem fazer você não perder seu tempo e dinheiro por falta de conhecimento.

Entre em contato com a PJ Simples Contabilidade Online, peça o contato de especialista para analisar suas necessidades e te dar as orientações necessárias para você abrir sua empresa da melhor forma possível.

Dica 2: Contabilidade Online

Ao abrir uma empresa você precisa saber que ela terá obrigações fiscais, contábeis e trabalhistas periódicas. E você como responsável final precisa ficar atento, pois o não cumprimento das obrigações nos prazos e na forma correta pode gerar multas e outras penalidades. Mesmo que sua empresa esteja sendo assessorada por contador, é importante que você saiba das obrigações existentes e das responsabilidades contratuais de cada um, por que as consequências finais sempre recairão sobre sua empresa.

Aqui, uma dica é ver se os serviços de contabilidade online atendem sua empresa. Pode ser uma boa ideia optar por esse tipo de serviços, pois sua empresa pode ser melhor acompanhada e você ainda pode economizar um bom dinheiro.

As principais obrigações de uma empresa são:

  • Emissão de Notas Fiscais: Todas as vendas precisam ser acobertadas por documento fiscal. Essa responsabilidade é sua;
  • Correto Cálculo dos Impostos: Essa é uma obrigação do seu contador e pode não ser uma tarefa tão simples, pois envolve o correto conhecimento da legislação tributária e das atividades da sua empresa.
  • Obrigações Acessórias: Consiste em informações que precisam ser enviadas ao governo e também é uma obrigação do seu contador, dependendo das atividades podem ser várias, mensais e anuais. Exemplo: PGDAS, DEFIS, LEF, SEFIP, RAIS, CAGED, ECD, DIMOB
  • Registro de Funcionários: Esse é um ponto que merece atenção especial por sua parte. A regra é simples: Tem funcionários? Então registre e os pague corretamente. Hoje os riscos trabalhistas são enormes e fazer o correto evitará muitos problemas.
  • Escrituração Contábil: Além de obrigatória por lei, sabendo usá-la corretamente é uma excelente forma de administrar as finanças da empresa. Também é fundamental para a fazer a apuração e distribuição de lucros isentos de mais impostos. Por isso a importância do correto registro de todas as receitas, despesas e extratos bancários na contabilidade.

Dica 3: Idéias de Negócios para abrir empresa em Brasília

Temos em nosso blog uma série de artigos dedicadas exclusivamente para dar uma luz para aqueles que não sabe ao certo que tipo de negócio querem abrir. São idéias que podem te dar uma direção na abertura de uma nova firma, clique aqui e aqui para acessar.

Dúvidas Frequentes sobre Abertura de Empresa

Quanto tempo leva para abrir empresa / CNPJ em Brasília?

O tempo médio para a empresa está com os documentos e inscrições básicas gira em torno de uns 20 dias. Mas algumas situações podem prolongar esse prazo, como pendências do CPF na RFB, participação ou nome em outra empresa, cadastro no MEI, alguma restrição quanto ao endereço de funcionamento da empresa e suas atividades, etc…

Quanto custa abrir empresa em Brasília?

O custo do processo de abertura de empresa pode variar muito de acordo com o tipo de empresa que você deseja constituir, indo de 300 reais à mais de 1000 reais. O investimento total também vai depender do escritório de contabilidade que você escolher como parceiro. Há muitas empresas oferecendo serviços de abertura gratuita, mas sempre desconfie pois geralmente tem contrato de fidelidade e você acaba pagando direta ou indiretamente.

Posso abrir empresa no meu endereço residencial?

Para algumas atividades é possível abrir empresa usando seu endereço residencial, geralmente empresas prestadoras de serviços ou comércio virtual sem atendimento ao público, mas varia muito de região para região. Para ter certeza é necessário solicitar uma análise da prefeitura/administração regional da área.

Quais os demais custos para manter a empresa em dia?

Além dos custos e gastos relativos ao seu próprio negócio, como mercadorias, funcionários etc… sua empresa também terá custos mensais basicamente com impostos, quando começar a faturar, e com os serviços prestados pelo escritório de contabilidade / contador parceiro. Os impostos de empresas do Simples Nacional, você pode acessar nossa tabela completa do simples onde você encontrará as alíquotas iniciais aplicadas de a cordo com as atividades da empresa. Quanto ao valor da contabilidade, clique aqui para ver se a PJ Simples atende sua região e solicite a tabela vigente.

Por que depois de aberta minha empresa precisa de certificado digital?

Hoje boa parte das obrigações das empresas são cumpridas digitalmente. Assim o certificado digital é a identidade da empresa nos meios eletrônicos que a identifica nos sistemas do governo, através de assinaturas eletrônicas e autenticações em áreas restritas. Além do mas o certificado é necessário para emissão de NFe e para o cadastro de procurações para que possamos, como seu responsável contábil, manter em dia as obrigações da empresa.

Quais documentados são  necessários para abrir empresa em Brasília?

Quanto ao local de abertura da empresa:

  • Comprovante de endereço/contrato de aluguel
  • Número da inscrição do IPTU

Quanto aos sócio/titular:

  • RG e CPF ou CNH
  • Comprovante de endereço
  • Se casado(a), certidão de casamento
  • Título de Eleitor
  • Número do recibo do último IRPF

Idéias de Negócios Lucrativos para Abrir uma Empresa

  1. Sex Shop
  2. Escritório de Arquitetura
  3. Escola de Música
  4. Representante Comercial
  5. Copiadora
  6. Empresa de Comunicação Visual
  7. Loja de Calçados
  8. Loja de Cama, Mesa e Banho
  9. Pastelaria
  10. Estúdio de Gravação
  11. Editora
  12. Salão de Beleza
  13. Sorveteria
  14. Ótica
  15. Vidraçaria
  16. Lavanderia
  17. Pet Shop

Outros artigos sobre abertura de empresas

Conhecimento informações na hora que você decide formar e inaugurar uma empresa nunca é demais, por isso, caso você queira saber mais detalhes sobre o processo de abertura de empresas e ler mais algumas dicas importantes, acesses esses outros artigos do blog da PJ Simples: