Como Bons Empresários dão Notícias Ruins

227

Poucas pessoas gostam de dar más notícias. Mas a capacidade de fazê-lo com graça e compaixão é uma habilidade essencial para qualquer líder ou gerente. Abaixo estão algumas dicas essenciais de como dar más notícias de forma profissional e compassiva.

1. Prepare-se para a conversa.

A conversa pode ser intensa e emocional. Às vezes, as pessoas que recebem notícias negativas sentem que é injusto. Eles querem lutar e argumentar. E, como pessoa que entrega a mensagem, você não pode deixar isso acontecer. Você precisa se controlar de uma maneira a impedir um conflito potencial em vez de alimentar o fogo. Você deve se preparar para o que você vai dizer (mesmo escrevendo algumas frases num lembrete) assim como você deve se preparar para sua própria reação e as possíveis reações do outro.

2. Lembre-se por que é necessário, em primeiro lugar.

Ninguém gosta de dar más notícias. Mas será mais fácil de fazer se você se sentir justificado em entregá-la. Então, tanto quanto você puder, lembre-se de antemão por que você está fazendo isso. E se você não for o tomador de decisão original, descubra como e por que a decisão foi tomada, qual a justificativa e quais outras possibilidades foram consideradas. Você quer entrar na situação com um senso muito claro de porque o que você está prestes a fazer é justificado e legítimo.

3. Seja direto, mas também compassivo o quanto puder.

Você não precisa ser um doce de pessoa ao dar uma mal notícia, mas você também não precisa ser frio ou robótico. Vá direto ao ponto; explicar o raciocínio; não deixe espaço para interpretação errada; e fique calmo, presente e tão compassivo quanto possível.

4. Pense cuidadosamente sobre a local.

Certifique-se de dar uma má notícia em um local privado, isso minimiza o constrangimento e permite que a outra pessoa mantenha sua dignidade. Mas, ao mesmo tempo, pense em sua própria segurança e bem-estar também, porque conversas difíceis podem ficar emocionadas rapidamente.

5. Não negocie.

Não permita que a conversa se torne uma negociação quando realmente não pode ser uma. Quando os funcionários recebem notícias negativas, é a coisa mais natural do mundo se envolver em um “mas por quê?”… “Mas por que você tem que fazer isso?” … “Mas por que isso é necessário?” … “Mas por que tem que ser eu?”. Supondo que esta seja realmente uma mensagem que você deva entregar, você não pode entrar nesta armadilha da conversa “mas por que” e se afastar de sua mensagem.

No final, todos queremos dar más notícias com dignidade e respeito. E com estas dicas em mente, você terá uma boa chance de alcançar esse objetivo.