Consulta CPF: Receita Federal – Situação Cadastral do CPF

25355
Consulta CPF: Receita Federal – Situação Cadastral do CPF
4.6 (91.43%) 7 votos

Consulta da Situação do CPF na Receita Federal

Para consultar a situação de um determinado CPF, na tela abaixo, clique em “Consultar CPF”, insira o número do CPF da pessoa indicado, preencha faça a verificação anti-robô, clique em consultar CPF e será apresentado a situação cadastral da pessoa física perante a Receita Federal. Clique aqui para abrir a mesma tela de consulta abaixo em uma nova guia.

Quais Informações a Consulta de CPF Retorna?

  • Número do CPF– Número do CPF consultado;
  • Nome  – Nome da pessoa física vinculada ao CPF;
  • Data de Nascimento – Data de nascimento da pessoa consultada;
  • Situação Cadastral – Status do CPF na base de dados da receita federal, veja abaixo quais status podem ser retornados numa consulta;
  • Data de Inscrição no CPF  – Data na qual o CPF foi cadastrado;
  • Dígito Verificador – Código verificador da consulta realizada;
  • Data e hora da consulta – Data e hora na qual a consulta foi feita, para fins de controle;
  • Código verificador da consulta  – Códig;
  • QrCode – Código para uso em leitores de códigos Qr. O código representa uma URL que direciona para o site da Receita Federal onde é exibido o comprovante de autenticidade da consulta do CPF;

Quer saber mais sobre o que é o cadastro do CPF? Então confira as informações abaixo.

O que é CPF?

O CPF é o cadastro individual de pessoas físicas. É um documento emitido e consultado na Receita Federal do Brasil e serve para identificar os contribuintes brasileiros. O CPF é uma numeração de 11 dígitos, que só muda por ordem judicial.

Como solicitar meu CPF?

A solicitação do CPF pode ser feito por 2 meios:

  • Presencialmente: Comparecendo a uma agência dos bancos do Brasil, Caixa Econômica Federal, agências dos Correios, ou entidade conveniada. Se o brasileiro estiver no exterior, o serviço deve ser solicitado em uma embaixada ou consulado brasileiro no exterior;
  • Pela internet (obrigatório possuir Título de Eleitor): Clique aqui para acessar a página da Receita Federal para solicitar a inscrição no cadastro de pessoas físicas;

Qual é o objetivo do CPF, para quê serve?

A principal função é servir como identificação dos contribuintes no Imposto de Renda. Tanto é assim que as crianças, a partir dos 12 anos, precisam ter seu próprio CPF para serem incluídas na declaração de imposto de renda dos pais.

Mas o documento não é apenas para isso. Se você deseja realizar um concurso público, inscrevendo-se em uma universidade, precisará ter o seu. E se você quiser abrir conta bancária, fazer compras ou pedir um cartão de crédito também!

Situação cadastral do CPF

A consulta do CPF poderá retornar as seguintes situações cadastrais:

  • Regular – quando não houver inconsistência cadastral e não constar omissão de DIRPF;
  • Pendente de regularização – quando houver omissão de DIREPF;
  • Suspensa – quando houver inconsistência cadastral;
  • Cancelada por multiplicidade – quando houver mais de uma inscrição no CPF para a mesma pessoa;
  • Cancelada – por óbito sem espólio;
  • Cancelada – por encerramento de espólio; ou
  • Nula – nos casos em que for constatada fraude.

Formato do número do CPF

O número de inscrição no CPF é composto de 11 dígitos decimais, sendo os oito primeiros aleatoriamente designados no momento da inscrição. Já o nono (antepenúltimo) dígito indica a região fiscal responsável pela inscrição. Por fim, o décimo e o décimo-primeiro são dígitos verificadores calculados de acordo com um algoritmo definido pela Receita Federal.

Formata-se o número de inscrição no CPF da seguinte maneira: os nove primeiros dígitos são agrupados em três grupos de três dígitos separados por um ponto, seguidos de um hífen e dos dois últimos dígitos.

Assim, o CPF de número 12345678909 é formatado como 123.456.789-09.