Série: Como Abrir uma Empresa – Copiadora

114
Série: Como Abrir uma Empresa – Copiadora
4.6 (92.5%) 8 votos

A abertura de uma copiadora é uma das melhores ofertas de baixo investimento. O valor inicial é relativamente pequeno, não precisa de muita estrutura, os pagamentos estão praticamente à vista e o lucro pode ser muito bom se bem pensado.

Há pessoas que podem triplicar o investimento inicial em apenas seis meses, o que torna a criação de uma copiadora uma boa linha de pensamento para abrir seu próprio negócio.

Há duas boas razões para o fato de que abrir uma copiadora é um bom negócio:

  1. os livros de estudo são caros
  2. e as pessoas eventualmente precisam tirar cópias de documentos.

Somente para esses dois tópicos você pode pensar em como abrir uma empresa de cópias perto de uma universidade pode ser lucrativo.

Escolhendo o local para abrir a empresa

O primeiro passo na construção deste tipo de negócio é escolher uma boa localização. O pensamento é simples: quais locais precisam da copiadora mais próxima? Os primeiros são instituições de nível superior. Até mesmo os professores concordam que os livros originais de alguns autores estão em valores não viáveis. Os livros de medicina, por exemplo, custam muito caros e muitos estudantes precisam de cópias para estudar.

Os lugares ideais são próximos a universidades, faculdades, bibliotecas e centros de estudo, porque os estudantes são o público que mais investe em cópias. Outra boa localização é perto de edifícios comerciais, onde eventualmente os profissionais precisam de cópias de documentos para seus arquivos ou soluções em bancos. Ao lado de cartórios também é um bom pedido.

As copiadoras de bairro também têm um lucro médio, mas ainda é um bom investimento. Especialmente se elas são instalados perto de escolas e perto de paradas de ônibus, com fluxo de muitas pessoas. Perto de pontos de ônibus, lan houses também são um bom pedido, apenas observe o ponto e também converse com as pessoas locais para descobrir mais detalhes.

Estrutura para montar uma copiadora

Não é preciso muito para abrir uma empresa de cópias. A sala pode ser pequena, semelhante a um pequeno quiosque que vende produtos com um máximo de 20 metros quadrados.

Quanto aos móveis, não é preciso mais que uma mesa para a máquina e cadeiras para os clientes que esperam. Deve-se pelo menos ter um ventilador na sala porque as copiadoras emitem muito calor quando em operação e podem deixar o ar mais quente que o normal. Alguns usuários até preferem colocar ar condicionado no espaço.

O mais caro, o que deixa alto o investimento inicial de abrir uma copiadora são as máquinas de cópias. A quantidade varia dependendo do tamanho, por isso é importante pesquisar e decidir antes de comprar.

Para aqueles que querem abrir uma copiadora perto de universidades, onde o ritmo de trabalha provavelmente será maior, é melhor investir em copiadoras mais robustas. Elas são mais práticos, rápidas e economizam muita tinta ou toner. Elas ainda têm a vantagem de ter memória interna capaz de armazenar a cópia e, quando solicitado, apenas enviar para impressão. Isso ajuda no caso de muitas cópias do mesmo livro para uma classe de alunos específica. Eles geralmente imprimem a cores, o que muitas copiadoras não fazem.

Algumas pessoas se aventuram a usar impressoras de computador e jato de tinta para vender cópias, mas não são lucrativas. O cartucho de tinta é mais barato por unidade, mas no total ele gasta mais tinta por folha. O trabalho também é mais lento e precisa de um pouco mais de paciência do cliente. No final, você gasta mais, o cliente gasta mais, mesmo que em alguns casos a qualidade seja melhor, o que na maioria das vezes não é.

Dicas sobre como lucrar com uma copiadora

Antes de definir um preço por folha, o ideal é fazer um cálculo de quanto é gasto por folha na xerox. O cálculo pode ser feito estipulando pelo toner da tinta utilizada na máquina, que possui uma quantidade limite de folhas que imprime. Basta dividir a quantidade de folhas que o toner pode imprimir no valor que custou e encontrar a média. É claro que este valor irá variar se for uma folha com apenas imagens, mas o cálculo é quase certo. Em caso de dúvida, pesquise na concorrência para ter noções de preços praticados no mercado.

O preço base de carga da Xerox por folha é de R$ 50. No caso de uma boa quantidade de Xerox com frente e verso, como cópias de livros na íntegra com mais de 200 páginas, baixe um pouco o preço. Se possível, invista em uma máquina de encadernação que seja barata e muito lucrativa. Capas também são facilmente compradas em papelaria, bem como as aspirais, que é usado para fixar as folhas.

Na Xerox, por documento cheio de detalhes ou fotos cobre um pouco mais caro, pois usará mais tinta. Aumente a qualidade para que a cópia fique perfeita, mas não se esqueça de cobrar um pouco mais caro. Outra maneira de adicionar valor aos serviços nesse caso é vincular a copiadora ao serviço de plastificação, bem requisitado em muitos casos.

Processo de abertura de empresa

Agora que você já sabe alguns detalhes de como abrir seu negócio, também é necessário que você saiba que para trabalhar de forma legal, é preciso fazer o processo de formalização de uma empresa, geralmente é feito na junta comercial.

Para te ajudar, preparamos outros artigos que te explicam com mais detalhes como funciona o processo de formalização de empresas:

Ref.: Novo Negócio