Tabela Simples Nacional Completa – 2018 – Anexos

2331
Tabela Simples Nacional Completa – 2018 – Anexos
4.5 (90%) 12 votos

O regime tributário nacional Simples recebeu grandes mudanças em 2018, com a entrada de novas atividades, novos limites de faturamento e reduções de receita, bem como mudanças nas alíquotas de impostos. Portanto, é muito comum ter dúvidas sobre as novas tabelas e limites que entrou em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018.

Para adequar sua empresa ao Simples Nacional, você precisa estar atento aos novos limites de faturamento, entender os percentuais de impostos e fazer os cálculos. Vamos?

Limites do Simples Nacional 2018

O limite máximo anual de receita bruta para pequenas empresas que optarem pelo regime de tributação do Simples Nacional aumentou para R$ 4,8 milhões. O valor equivale a uma média mensal de R$ 400 mil de receita.

As microempresas poderão faturar até R$ 360 mil por ano e Empresas de Pequeno Porte, R$ 4,8 milhões por ano.

Os Microempreendedores Individuais (MEI) também teve um novo teto que aumentou para R$ 81 mil por ano, passando de uma média de R$ 5 mil por mês para R$ 6,75 mil.

Novas Alíquotas do Simples Nacional 2018

A taxa simples de receita mensal bruta não existe mais. Em 2018, a taxa será maior, mas com um desconto fixo, dependendo da faixa da empresa de acordo com o seu faturamento.

Portanto, a taxa dependerá do cálculo que leva em conta as vendas brutas acumuladas nos últimos doze meses e um desconto fixo. Ou seja, redução da carga tributária para algumas empresas e aumento para outras, daí a importância de estar atento às mudanças.

Nova forma de Cálculo do Simples Nacional 2018

Vale ressaltar que o número de faixas de faturamento caiu de 20 para apenas 6.

Em primeiro lugar, descubra em qual anexo sua empresa se encontra, pesquise na tabela abaixo.

Assim, o cálculo que deve ser feito é o seguinte: receita anual total do ano multiplicada pela taxa indicada. Em seguida, basta descontar o valor indicado e dividir o valor final pela receita bruta anual total.

Em resumo: (RBT12 * Aliq – PD) / RBT12

RBT12: Receita Bruta Total acumulada nos doze meses anteriores

Aliq: taxa nominal constante (Anexos I e V da Lei Complementar)

PD: parcela de dedução constante (Anexos I e V da Lei Complementar)

Simples Nacional – Anexos I, II, III, IV e V

Anexo I Simples Nacional – Tabelas 2018 (Comércio)

Anexo II Simples Nacional – Tabelas 2018 (Indústrias)

Anexo III Simples Nacional – Tabelas 2018 (Serviços e Locação)

Anexo IV Simples Nacional – Tabelas 2018 (Certos Serviços)

Anexo V Simples Nacional – Tabelas 2018 (Fator R >= 28%)

Tabela Simples Nacional Completa – Por CNAEs

  • Pressione Ctrl+F para pesquisar sua atividade
  • *Alíquota inicial = Faturamento até R$ 180.000 nos últimos 12 meses